Pesquisar

Governança e Gestão de TI

Início > Presidência do TJAC verifica desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para melhorias no atendimento e gestão

Presidência do TJAC verifica desenvolvimento de ferramentas tecnológicas para melhorias no atendimento e gestão

 10.06.2024 |  DestaquesGaleriaNotícias |  BernaChaboot LuziaCNJDITECiGovTIC-JUDSAJ InsightsTecnologia da InformaçãoTJAC

Sistemas que fornecem dados de produtividade para gestão, painéis que acompanham e monitoram governança de tecnologia da informação, canal de atendimento automatizado, e ferramenta de Inteligência Artificial estão entre as tecnologias que em breve serão empregadas para aperfeiçoar os serviços prestados

O investimento em tecnologia é uma prioridade da gestão do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), por isso, nesta segunda-feira, a presidente da Corte, desembargadora Regina Ferrari, visitou a Diretoria de Tecnologia da Informação (DITEC), verificando como está o desenvolvimento das ferramentas de informática que serão empregadas na melhoria da prestação jurisdicional, acolhendo e atendendo a população.

Acompanharam a gestora, o desembargador Laudivon Nogueira, presidente do Comitê de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJAC, as juízas e o juiz auxiliares da Presidência Zenice Cardozo, Isabelle Sacramento e Giordane Dourado. As magistradas e magistrados visitaram as gerências da DITEC.

Durante a visita, foram apresentados os estágios de desenvolvimento dos seguintes instrumentos tecnológicos, que serão empregados para aperfeiçoar os serviços prestados:

– SAJ Insights – a plataforma dentro do Sistema de Automação da Justiça (SAJ) permitirá o acesso a painéis estatísticos da produtividade de cada unidade e até de cada servidor, subsidiando gestores com informações para sanar os pontos fracos e fortalecer iniciativas que gerem bons resultados.

O SAJ Insights é um sistema de inteligência de negócios (conhecido pelo termo inglês Business Intelligence, BI) e possibilitará acompanhar o desempenho da unidade em relação as metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a produtividade, demandas e outros dados fornecidos em tempo real.

– iGovTIC-JUD – também são painéis de monitoramento das metas e atividades da governança da Tecnologia da Informação, só em conexão direta com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Essa ferramenta foi instituída pelo CNJ, para aferição do cumprimento das diretrizes estratégicas de nivelamento e dos indicadores de governança, gestão e infraestrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs).

– Berna – A ferramenta de Inteligência Artificial Berna (Busca Eletrônica em Registros usando Linguagem Natural), foi desenvolvida pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) e cedida à Justiça acreana. O sistema realiza o agrupamento e classificação e, nesse primeiro momento, será empregada para classificar as petições iniciais e realizar o trabalho de distribuição de processos.

Mas, com o Berna será possível criar automações para sanar ações predatórias e outras ambições que forem identificadas pela gestão.

– Chatbot Luzia – É um canal de comunicação automatizado para servidoras e servidores que abrirem chamado de atendimento à DITEC. Com o meio será possível buscar a resolução da demanda por meio do diálogo com a Luzia e, caso não solucionado, poderá entrar em contato com um atendente humano.

A presidente ressaltou a importância da Tecnologia para o aperfeiçoamento dos serviços. “Temos demandas urgentes e necessárias na área de tecnologia para a boa prestação jurisdicional. Nós haveremos de conquistar a excelência em governança e tecnologia para servir melhor o jurisdicionado. Muito obrigada por vocês estarem despertos para esse servir”, comentou Ferrari.

O desembargador Laudivon discorreu sobre o trabalho realizado pela DITEC. “Todos juntos colaboramos para servir as pessoas e sem a tecnologia não fazemos nada hoje. Então, quero parabenizar todos aqui, que o trabalho de vocês reflita na vida de muitos que procuram a Justiça. Que juntos possamos alcançar a excelência na prestação jurisdicional”, falou Nogueira.

 Texto: Emanuelly Falqueto / Foto: Elisson Magalhães | Comunicação TJAC

Compartilhe em suas redes

Pular para o conteúdo